Vigilância Sanitária realiza inspeções nas academias de Aracaju

Avalie essa página

A Coordenadoria de Vigilância Sanitária Municipal (Covisa) intensificou a fiscalização nas academias na cidade de Aracaju (SE), com o objetivo de verificar a estrutura física, condições higiênicas e sanitárias e os equipamentos destes estabelecimentos.





De acordo com a Covisa, além desses aspectos, a ação visa coibir a utilização de anabolizantes. O coordenador do órgão, Ávio Brito, disse que tanto as academias localizadas em bairros nobres, como na periferia da cidade, estão sendo fiscalizadas.

Em algumas das academias fiscalizadas, algumas estavam em excelentes condições, inclusive com profissionais capacitados, e outras em péssimo estado. “Encontramos aparelhos enferrujados, almofadas rasgadas, sem ventiladores, piso inadequado e falta de higiene sanitária”, disse.

Em caso de irregularidade, o proprietário do estabelecimento tem 30 dias para se adequar às exigências da Vigilância Sanitária. Terminado o prazo, é realizada uma nova inspeção e, se nada for resolvido, automaticamente é emitida uma notificação e dado um último prazo.

“Não atendendo às exigências, o dono da empresa é multado, a Covisa abre um inquérito administrativo e o estabelecimento é interditado”, explicou o coordenador. A multa varia de R$ 2 mil a R$ 50 mil.

Fonte: G1





Deixe seu comentário