Funcaju participa da 14ª edição da Feira de Sergipe em Aracaju

Avalie essa página

Reunindo diversos segmentos da cultura, do turismo e do comércio, a Feira de Sergipe 2013, que acontece pelo 14º ano consecutivo, foi aberta oficialmente na noite de terça-feira, 15. Realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e com o apoio da Prefeitura Municipal de Aracajú (PMA), a Feira, que só termina no próximo dia 27, reuniu já em sua primeira noite inúmeros visitantes, dentre os quais sergipanos e, principalmente, turistas.

Com 264 estandes distribuídos em setores como artesanato, alimentação, comércio e serviço e municípios, o evento este ano tem a expectativa de conquistar uma média de 100 mil visitantes nesses 12 dias de funcionamento. Responsável pela organização e ornamentação do estande da Prefeitura, a Fundação Municipal de Cultura e Turismo de Aracaju (Funcaju) se fez presente no evento.

“É um grande prazer fazer parte desse projeto tão bem-sucedido, que envolve geração de renda, que aquece nosso turismo e principalmente que mostra o que temos de essencial, a nossa cultura. Aqui, não só os turistas, mas também o próprio povo sergipano pode conhecer mais da música, da culinária e da arte que é própria da gente”, diz o presidente interino da Funcaju, Manoel Luís Viana.

“Através desses estandes, as pessoas podem fazer um roteiro turístico do estado, passando da culinária até às apresentações artísticas e folclóricas que nós temos. Isso tudo é um grande leque cultural e quem passar pelo estande da Prefeitura de Aracaju poderá conhecer de perto um pouco mais do nosso artesanato e da nossa gastronomia, além, é claro, de receber toda a informação turística que precisar”, esclarece Tanit Bezerra, diretora de Turismo da Funcaju.

Para o diretor técnico do Sebrae, Emanoel Sobral, essa é a época perfeita para se realizar um evento como este. “Em janeiro Sergipe tem um enorme fluxo de turistas, que buscam conhecer e adquirir os produtos da terra, além de fechar futuras parcerias. Nesse sentido, a PMA é fundamental para o bom funcionamento da Feira. É ela que nos proporciona limpeza, segurança, controle do trânsito e também os artistas que só engrandecem esse evento”, afirma Emanoel.

Oportunidades





Segundo a direção do Sebrae, a expectativa desta edição é reunir 100 mil visitantes durante o evento, ótima oportunidade para divulgação dos aparelhos turísticos da cidade, de sua cultura e também para a geração de renda e fechamento de bons negócios. “Esse é o segundo ano que participamos da Feira de Sergipe, justamente porque pudemos perceber, no ano passado, o quanto esse é um projeto excelente. Ele nos possibilitou uma maior comercialização e nos proporcionou um boa divulgação do que é o nosso projeto”, diz Mirsa Leite, Coordenadora do projeto Catadoras de Mangaba.

A fim de conhecer cada vez mais sobre a cidade de Aracaju, o casal de comerciantes paranaenses, mas com residência no Estado do Amapá, também não perdeu a oportunidade de visitar a Feira de Sergipe. “Nós já conhecíamos alguns estados do nordeste e este ano foi a vez de Sergipe. Nos falaram muito bem de Aracaju e vindo aqui só confirmamos todos os elogios que foram feitos a essa cidade: muito limpa, organizada, linda. Agora viemos aqui na Feira nos encantar mais por esse estado”, comenta Dona Nancy Patuci Bezerra.

Presença

A noite de abertura da Feira de Sergipe também contou com a presença de diversas autoridades municipais e estaduais, a exemplo do vice-governador, Jackson Barreto, do futuro Secretário de Cultura de Aracaju, o vereador Nitinho Vitale e o vice-prefeito José Carlos Machado.

“É imensurável a importância dessa Feira para os artistas sergipanos e para o turismo. É quando vemos a interação de todos os municípios com o objetivo maior de valorizar sua cultura e receber da forma mais carinhosa e calorosa possível aqueles que ainda não a conhecem”, afirma Nitinho.

“É essa interação de boas ideias que nos permite evoluir para a perfeição. Quero parabenizar o Sebrae por esse excelente projeto e dizer que a Prefeitura de Aracaju tem a honra em ser parceira dele e também parabenizar o estande da PMA, organizado pela Funcaju. Projetos como esse devem virar rotina no Estado, afinal Sergipe e Aracaju tem muito o que mostrar”, diz o José Carlos Machado.

Programação

A programação da noite, que começou às 18h, trouxe diversas atrações entre apresentações de quadrilha, forró e teatro, mas quem roubou a noite e encantou todos os presentes foi a apresentação da Orquestra Sanfônica de Aracaju (ORSA), que trouxe um repertório bastante eclético partindo do tradicional forró até o chorinho.

“Em junho deste ano a ORSA completa seis anos e nesse tempo nós sempre tocamos na Feira de Sergipe. Esse é um evento já está no calendário turístico da cidade e nós estamos e pretendemos estar sempre nele. É mais um momento de celebração da cultura sergipana”, finaliza o maestro Evanilson Vieira da Silva.

Fonte: Prefeitura Municipal de Aracajú





Deixe seu comentário